Hackers brasileiros são maioria

++Hackers brasileiros são maioria

Entre 10 hackers descobertos no mundo 8 são barsileiros.

Os hackers brasileiros são atualmente os mais ativos na internet, segundo levantamento da empresa de segurança mi2g. Os piratas tupiniquins tomaram o lugar dos hackers do leste europeu, os que mais invadiram sites durante a década passada.

Embora a empresa tenha concluído que não há motivação política para a atuação hacker no país — reportagem da britânica BBC associa a alta das invasões com a vitória na Copa do Mundo —, os hackers brasileiros já há tempos têm visibilidade na internet.

Durante o mês de julho, segundo a mi2g, cerca de 1.600 domínios com a terminação .com foram atacados por hackers. Em segundo lugar, aparecem os italianos (.it), vítimas 514 vezes. O Brasil (.br) aparerece em terceiro, com 329 sites invadidos.

O levantamento aponta que a maioria dos sites italianos atacados durante o mês foram vítumas de um grupo brasileiro chamado "Hax0rs Lab", que, agora em agosto, invadiu 838 sites em apenas 24 horas.

A mi2g afirma que, até agora, esse foi o maior número de ataques concentrados num só dia na internet.

No mesmo dia em que completava a mega-invasão, o grupo de hackers sofria um ataque e tinha seu site invadido por outro hacker brasileiro.

Segundo o site Alldas.org, o grupo "Hax0rs Lab" soma 1.021 invasões até hoje. Outro grupo brasileiro, conhecido por "BHS", tem mais de 1.500 ataques listados. O "tty0" invadiu 762 sites, e o Prime Suspectz, outro brasileiro, 592.

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License